Um milhão de jovens estão fora da escola de segundo grau, isso explica parte da violência, diz senadora do PSB

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) lamentou os índices que mostram o aumento da violência no Brasil, com registro de mais de 61 mil assassinatos no ano passado. Ele recordou os trabalhos da CPI do Assassinato de Jovens, entre 2015 e 2016, quando o número de assassinatos no país era de 56 mil por ano.

Lídice ressaltou que as vítimas da violência continuam sendo em sua maioria homens, jovens, negros e moradores da periferia. Segundo a senadora, não se pode analisar uma situação de violência tão grande sem levar em conta o sistema que a sustenta.

— É preciso tomar medidas que levem a inclusão social desta juventude. Porque se nós compararmos os dados relacionados com educação vamos ver também que mais de um milhão de jovens estão foram da escola, do segundo grau, que a maioria dos jovens que estão em situação de risco social também abandonaram as suas escolas.

Lídice da Mata também lamentou o aumento do número de estupros em 3,5% em 2016. Ela destacou que, das mais de quatro mil mortes de mulheres ocorridas n ano passado, apenas 533 foram registradas como feminicídio, apesar de haver uma lei que determina o registro correto do crime.

Agência Senado

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *