Senador do PTB propõe revitalizar indústria naval, destruída pela Lava-Jato com 80 mil empregos

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) lamentou nesta quarta-feira (21) a decadência da indústria naval no Brasil, que já registra cerca de 50 mil desempregados. O parlamentar informou que a indústria voltada para a construção de plataformas, navios offshore e grandes petroleiros, que nasceram para atender às demandas da Petrobras, está com os últimos projetos em fase final de construção e também deve entrar na lista de estabelecimentos paralisados.

Segundo Armando Monteiro, o setor, que já chegou a gerar 80 mil empregos diretos, foi prejudicado pela queda do preço do petróleo e pelos efeitos da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, sobre a Petrobras. Para revitalizar o setor, Armando Monteiro defendeu a adoção de um plano estrutural que envolva uma política de metas de produtividade com caráter temporário, para a obtenção de resultados.

— Além disso, é preciso fomentar a competitividade desse setor, inclusive para permitir que ele aumente as exportações, buscando novas áreas de atuação, com o aumento de participação e parcerias com investidores internacionais, que já demonstraram interesse em atuar no Brasil.

Agência Senado

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *