Senador do PMDB Zezé Perrella: não tenho absolutamente nada a ver com esse episódio

O senador Zezé Perrella (PMDB-MG), usou a tribuna do Senado nesta terça-feira (30) para se defender das acusações de lavagem de dinheiro que teriam sido feitas através de uma das empresas de sua família.

O senador considerou as denúncias uma “irresponsabilidade total” e afirmou que, nos áudios divulgados pela Polícia Federal que o citam, não há referências ao termo propina.

Zezé Perrella confirmou que tomou empréstimo da empresa ENS, cujo sócio é também contador do senador, mas declarou que nunca se comunicou com o dono da JBS — o empresário Joesley Batista — nem mesmo por telefone. O senador disse estar certo de que os fatos serão esclarecidos no decorrer das investigações.

— O Sr. Joesley Batista, que agora está passeando em Nova York, financiou 2 mil campanhas, a minha não, até porque quem fez a minha campanha foi o [ex} senador Itamar Franco. Então, na verdade, eu não tive campanha. E vou conseguir comprovar, no decorrer das investigações, que eu não tenho absolutamente nada a ver com esse episódio. E tenho muita confiança que isso vai ficar esclarecido — afirmou.

Agência Senado

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *