Rosinha defende Garotinho

A manipulação da mídia, os Direitos Humanos e a Justiça

por Rosinha Garotinho (no Facebook) 

Hoje é dia dos Direitos Humanos, ou seja, da luta pela igualdade para todos. Porém a prática no Brasil não mostra essa realidade. Também sou a favor da igualdade. Eu e meu marido lutamos por ela. Lutamos por justiça social!

Mas infelizmente não vejo as vozes do bem lutarem pela igualdade.

Hoje a minha família vive o drama de ter o único político do Brasil preso por suposto crime eleitoral. Tendo prisão preventiva de juiz eleitoral num processo sem nenhuma prova, pois não há nenhum crime praticado. A prisão preventiva está banalizada, quando deveria ser o último recurso.

Estamos sendo amordaçados, sufocados. A mídia sequer oferece o benefício da dúvida, simplesmente acusa formando opinião , inclusive dos que se julgam intelectuais, que nao percebem a manobra jornalística, do sensacionalismo que fazem lavagem cerebral manipulando a opinião pública fazendo-a acreditar nas suas histórias mentirosas.

Meu marido , Garotinho, está preso por incomodar uma camada poderosa da sociedade. Incômodo este que levou a prisão muitas autoridades e empresários que roubaram vergonhosamente, se enriqueceram, lavaram dinheiro em contas no exterior.

Querem tirar o Garotinho a todo custo do convívio social para que fique amordaçado e os corruptos, porque muitos ainda estão soltos por aí, continuem em suas falácias, com seus comportamentos de bons moços a praticarem a corrupção e a exterminar com quem denuncia a verdade.

Mas como eu disse hoje é dia dos Direitos Humanos, mas não levantam suas vozes para defender aquele que desmascarou a quadrilha que foi presa por suas denúncias. É mais confortável o silêncio. Mas a luta não é pra covardes.

Espero que a Justiça faça a Justiça. Esta não pode se incomodar com quem fala a Verdade e incomoda e atrapalha uma minoria que suga o povo e rouba e recebe propina.

Direitos Humanos e Justiça é pra serem cumpridos. Ou deveria.

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *