Reforma trabalhista e Operação Lava Jato são culpa do PT, diz senador do PODE

O senador José Medeiros (Pode-MT) criticou nesta quarta-feira (25) em Plenário a decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal de, na prática, afastar do juiz federal Sérgio Moro os processos relacionados ao ex-presidente Lula, ao decidir que as delações dos ex-executivos da Odebrecht não têm relação com os desvios da Petrobras, investigados pela Operação Lava Jato.

— Está em curso, obviamente, uma grande estratégia para soltar o líder e, depois, torná-lo candidato. Se for candidato, não tem problema. Mas o questionamento que eu faço é o seguinte: se for para soltar um, tem que soltar todos — afirmou o senador.

Ele disse que o PT tenta “contornar o Judiciário” de acordo com o nome do réu, e advertiu que a lei deve ser igual para todos. Para Medeiros, “a população está sendo driblada” em suas esperanças com a Operação Lava Jato.

Medeiros chamou atenção para o sentimento crescente de indignação diante da tentativa de, segundo ele, “melar” a prisão de Lula, condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. O senador ainda criticou o “realismo fantástico” da narrativa dos partidários de Lula. E afirmou que tanto a aprovação da reforma trabalhista quanto a Operação Lava Jato são resultado da falta de responsabilidade dos governos do PT.

Agência Senado

 

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *