Projeto do vereador Eriberto Rafael (PTC) quer sala de aula com computadores especiais para cegos

O projeto assegura a inclusão digital dos alunos com deficiência visual que estão matriculados na rede municipal de ensino da capital pernambucana. De acordo com o texto, as escolas da rede municipal deverão ser equipadas com  computadores adaptados às necessidades desses estudantes.

“A realização de políticas públicas que visam promover a acessibilidade digital das pessoas com deficiência visual é fundamental para eliminar as desigualdades de acesso à informação, evitando novas formas de exclusão, possibilitando oportunidades de participação. Sabemos das dificuldades cotidianas que essas pessoas enfrentam. Dificuldades que não dizem respeito apenas aos obstáculos materiais, mas principalmente aos obstáculos impostos pela inclusão social”, concluiu o parlamentar.

O conteúdo do projeto ainda define os detalhes sobre os requisitos mínimos para os computadores, que devem atender a esse público especifico. Dentre as configurações e equipamentos que devem ser disponibilizados estão teclado em braile e softwares de leitura e audição.

Fonte: Câmara Municipal de Recife

 

Franzé de Sousa

Franzé de Sousa

Repórter Fotográfico/Videomaker, colaborador do Segunda Opinião.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *