Projeto de Vandik Lima (PP) vira lei e prefeitura tem que assumir responsabilidade pelo tratamento de autistas

Projeto de vereador Vandick Lima (PP), aprovado na Câmara Municipal de Belém, assegura atendimento na rede municipal para crianças e adolescentes autistas.

De acordo com o parlamentar, “os centros de reabilitação deverão dispor de instalações físicas, equipamentos, recursos humanos, formação e/ou capacitação na área de reabilitação, para o atendimento a crianças e adolescentes com autismo, que requeiram cuidados de reabilitação, tratamento, prevenção de deficiências secundárias e tratamento e/ou orientação familiar consoantes com os atendimentos médicos. Ou seja, neurologia, genética e psiquiátria além do processo terapêutico – o que incluiu pedagogia, psicologia, fonoaudiologia, fisioterapia e terapia ocupacional”.

O texto do projeto assegura que a prefeitura faça a distribuição gratuita de medicamentos e nutrientes necessários a crianças e adolescentes, sem interrupção. Vandick propõe que os centros sejam constituídos por serviços de assistência  cadastrados no Sistema Único de Saúde. A nova lei deverá entrar em vigor em noventa dias.

Franzé de Sousa

Franzé de Sousa

Repórter Fotográfico/Videomaker, colaborador do Segunda Opinião.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *