O erro de Pikettty no Brasil

Por Mario Marona, em seu Facebook PESQUISA FAJUTA NA CAPA DA FOLHA:

Com todo respeito ao Piketty, autor de um livro importante sobre desigualdade de renda no mundo, a pesquisa divulgada pelo instituto dele e chamada na primeira página da Folha é uma cascata ou, no mínimo, comete um erro primário absurdo de apuração, que o jornal tinha o dever de perceber.

Retira suas conclusões de uma análise das declarações de imposto de renda no Brasil nos últimos 16 anos.

Não faz o menor sentido uma pesquisa se basear somente em dados da Receita Federal num país, como o Brasil, em que 85% da população não declara imposto de renda, percentual em que estão incluídos TODOS os pobres.

Erro curioso, já que no seu livro, “O Capital do Século XXI”, Piketty não retira suas conclusões de um único indicador, como o IR, mas de todos os índices capazes de medir ou indicar renda, poder de compra e desenvolvimento humano.

Leia também:  Estudo diz que desigualdade de renda não reduziu entre 2001 e 2015

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *