Madeira, açúcar, ouro, borracha e, agora, petróleo

Trecho de artigo de Felipe Coutinho, presidente da AEPET:

“… O petróleo é uma riqueza natural do Brasil. Desde a chegada dos europeus nossas riquezas foram exploradas, o mais rapidamente possível, em benefício de interesses estrangeiros. Foram extraídos da forma mais eficiente para um projeto colonial, aos menores custos para as elites de Portugal, Inglaterra e Estados Unidos.

Todos os ciclos beneficiaram uma pequena casta entre os brasileiros, aqueles responsáveis pela gestão do projeto colonial. Dos senhores de engenho e feitores aos executivos das multinacionais, donos dos meios de comunicação e banqueiros. Esses caboclos transitam através de portas giratórias e ocupam cargos públicos na gestão colonial e neocolonial, dos “homens bons” da Colônia aos executivos das agências reguladoras da Nova República…”

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *